Monday, January 22, 2007

Para ser grande, sê inteiro: nada
Teu exagera ou exclui.

Sê todo em cada coisa. Põe quanto és
No mínimo que fazes.

Assim em cada lago a lua toda
Brilha, porque alta vive.

Ricardo Reis

10 Comments:

Blogger Amaral said...

Fala acertadamente Ricardo Reis!
E repara que, se colocarmos todo o nosso empenho e paixão na mais pequena coisa que façamos, a vida torna-se outra!
Sejamos grandes entregando-nos plenamente! Aquilo que dermos, virá na volta... a dobrar!

4:23 PM  
Anonymous Anonymous said...

E quando se é nada? Poder-se-á ser um Todo, ou, um Tudo?

6:14 PM  
Blogger Jinx said...

Olá...
Eliminei o meu blog, e criei um novo.
Chama-se "Somnium".
face diderente, o mesmo conteúdo...
Alterem o link, please...
Obrigado...
http://deliriodoonirico.blogspot.com/

2:12 PM  
Blogger mixtu said...

besito...

9:29 AM  
Anonymous o sal da nossa pele said...

Olá, deve ser tudo... como a distancia... um abraço...

2:25 AM  
Blogger adam brown said...

Hello I just entered before I have to leave to the airport, it's been very nice to meet you, if you want here is the site I told you about where I type some stuff and make good money (I work from home): here it is

4:56 PM  
Blogger adam brown said...

Hi again, see tthis is the site i told you i signed up to. It has some nice information about how to make money using OPP, i think you might find it interesting. here it is. bye!

4:46 AM  
Anonymous Anonymous said...

Passei por aqui e foi com alegria que reli Fernando Pessoa.
A Tabacaria é de longe, o meu poema (?) favorito.
Parabéns pelo blog.

5:10 PM  
Anonymous Marcos Coutinho Lemos said...

http://www.poesiassempre.xpg.com.br/home.PHP

3:06 AM  
Blogger Priscila Lopes said...

Esse Fernando Pessoa sempre cai bem.

Abraços, apareça no Cinco Espinhos!

7:07 PM  

Post a Comment

<< Home